Os graus de ascite e suas espécies são intensos, pronunciados, chylezny, moderados, mínimos, repetidos, refratários

Graus de ascite Com a quantidade de fluido dentro da cavidade abdominal, podem distinguir-se três graus de ascite. O primeiro grau é diagnosticado quando a quantidade de água acumulada não excede três litros. Neste caso, a laparoscopia é obrigatória. A punção permite determinar a composição qualitativa do transudado. Se não houver impurezas no sangue, o prognóstico para recuperação é quase sempre alto. O desenvolvimento do primeiro grau é precedido por uma ascitação mínima, na qual a quantidade de líquido não excede 400 ml.

No segundo grau de ascite, mais de três litros de líquido se acumulam dentro da cavidade abdominal. Nesse caso, o abdômen aumenta visivelmente em tamanho, mas a própria parede abdominal não se estica. O diafragma não aumenta ainda, então o paciente ainda não tem dificuldade em respirar. Mas os primeiros sinais de insuficiência hepática aparecem, eles geralmente provocam distúrbios da atividade cerebral, portanto desenvolve a encefalopatia hepática.

O terceiro grau de ascite indica que 10 a 20

litros de transudado se acumulam no abdômen. O abdômen torna-se muito grande, a pele torna-se fina, então uma malha de vasos venosos se torna visível através dela.À medida que o volume do abdômen aumenta, a parede abdominal esticará e pendurará fortemente. O umbigo sobe para fora. Um grande volume de água aumenta o diafragma, os pulmões não se abrem completamente, então o paciente começa a sofrer uma insuficiência respiratória. A ausência de oxigênio altera a composição do sangue, a atividade cardíaca é interrompida. A pessoa começa a cansar rapidamente, todo o seu corpo aumenta. O terceiro grau é um estado perigoso que pode provocar um resultado fatal.

Três graus de ascite tornam possível formar uma classificação de complicações, mas os médicos prestam atenção não apenas aos sinais externos de hidrocefalia. Dependendo da "como o fluido se comporta", eles distinguem os seguintes tipos de ascite: intenso, pronunciado, chylezny, leve, repetido e refratário. Quais são as características de cada tipo de ascite?

Ascite intensa e pronunciada

Ascite estressada O diagnóstico de ascite extenuante é feito quando a quantidade de fluido excede 10 litros( hidropesia do terceiro grau).Desenvolve-se na terceira etapa. O volume do líquido acumulado aumenta rapidamente. O abdômen se torna redondo, a pele se estica, torna-se tenso, brilhante e suave ao toque. Ao longo do tempo, com a progressão da complicação, a pele do saco da hernia pode rasgar, um pouco de líquido neste caso derrama.

Os médicos prestam atenção ao fato de que ascite pronunciada é muito perigosa. Com esta forma de complicação, o fluido pode facilmente se infectar. Com um pacote, ascite intensa ou grave e peritonite em 50% dos casos ocorre um desfecho letal. Aqueles que sobreviveram em 70% dos casos, dentro de um ano há uma recaída.

Os tipos de ascites tratados e pronunciados são tratados com terapia complexa. Recomenda-se ao paciente que adira ao regime de pastel, siga rigorosamente a dieta, trate a doença, o que provocou hidropisia. Pacientes diagnosticados com uma terceira etapa de hidropisia, um procedimento de laparocentese é necessariamente indicado.

Ascite moderada

Ascite moderada As previsões favoráveis ​​têm ascites moderadas, ao contrário da tensão, flui devagar, o fluido se acumula durante várias semanas ou mesmo meses, de modo que o grau de complicação é gradualmente formado. Quando uma aparência moderada é diagnosticada, não há apenas um aumento no abdômen, mas também inchaço das extremidades. O tórax aumenta em tamanho, o paciente possui uma hérnia inguinal ou umbilical. Ele se queixa de um peso constante no abdômen, uma sensação de forte estourar, ele está preocupado com azia e problemas com as fezes.

Para distinguir entre ascite moderada de um vigoroso visualmente simples. O tipo descrito da doença caracteriza-se pela suavidade do abdômen. Este estágio da doença é tratável, as previsões com terapia adequada são quase sempre positivas. Um edema leve da cavidade abdominal é tratado com infusões de albumina e diuréticos. Se necessário, a laparocentese é prescrita, mas você não deve abusar desse procedimento. A remoção repetida de líquido do abdômen pode piorar significativamente a condição do paciente e provocar o desenvolvimento de peritonite. O que acontece com uma combinação de ascite e peritonite, já sabemos.

De acordo com a eficácia das medidas terapêuticas, os médicos alocam outro tipo de hidrocele - o mínimo. Ele antecede o primeiro grau de desenvolvimento de complicações e indica que uma pequena quantidade de transudado acumulado dentro da cavidade abdominal( até 400 ml).As ascites mínimas iniciais só podem ser detectadas com a ajuda do ultra-som. Outros métodos visuais do estudo determinam o aparecimento de complicações não.É por isso que o primeiro grau de hidropisia passa quase imperceptivelmente.

Ascolas do Chile

Ascite curiosa Esta é uma complicação rara de cirrose hepática de longo alcance( último grau) ou obstrução abdominal do ducto linfático, cordão peritoneal ou inflamação crônica do intestino. O fluido ascitico é branco para leitoso. Isso ocorre porque um grande número de células de gordura entra no transjugado, elas aparecem no líquido por várias razões:

  1. Como resultado do desenvolvimento de hipertensão hidrostática formando nos vasos linfáticos( perda de pressão pode levar à ruptura de alguns deles, então o conteúdo linfático entra no estômago).
  2. Após um procedimento cirúrgico complicado, que é realizado no espaço retroperitoneal.
  3. Muitas vezes, a forma chilosa da ascite torna-se uma complicação da pancreatite e da tuberculose.
  4. Às vezes, a complicação descrita é o resultado de lesões perigosas de órgãos localizados na cavidade abdominal.

O diagnóstico de ascite quilosa é realizado por fluido de punção. Além das células de gordura, são encontradas proteínas, uma alta concentração de triglicerídeos e linfócitos. Se o paciente segue uma dieta fome, o fluido torna-se seroso.

O tratamento da complicação descrita é reduzido à consulta de nutrição adequada. A dieta diária inclui uma grande quantidade de proteína alimentar e exclui completamente aqueles que contribuem para o acúmulo de gordura interna. A laparocentese é prescrita somente nesses estágios quando esse tipo de ascite possui um terceiro grau de gravidade, o que causa insuficiência respiratória. Se o tratamento conservador não ajuda, a laparotomia é usada, ajuda a encontrar e eliminar o surto de linfa.

Ascite repetida e refratária

Ascite recorrente De acordo com a reação do corpo à terapia com fármaco aplicada, a ascite pode ser classificada como repetida e refrativa. Geralmente, o diagnóstico de ascite repetida é feito quando o transudado no abdômen aparece novamente após o procedimento da laparocentese. Pode indicar que a causa da hidrocefalia foi incorretamente identificada, que o tratamento escolhido não dá resultados positivos. Conduzir a laparocentese mais uma vez é muito perigoso. Pode levar à inflamação local do peritoneu, às adesões nos laços intestinais, à ameaça de peritonite. Portanto, é tão importante usar todas as ferramentas de diagnóstico para identificar a origem de uma formidável complicação.

Ao contrário da hidrocele repetida, a aparência refratária da ascite não é uma recaída. Este tipo de complicação é diagnosticada quando as hidrocortisas não são passíveis de tratamento medicamentoso. Tente eliminar a ascite refratária apenas de forma operativa. A laparocentese dá apenas alívio temporário, após o que o líquido se acumula novamente na cavidade abdominal( um terceiro grau é formado).Pode ser bombeado várias vezes, mas esta situação não altera a situação.

O que pode ajudar a eliminar este tipo de ascite? A estratégia terapêutica é construída em dois componentes. O paciente apresenta transplante hepático ou manobra portossistêmica intra-hepática transgular. As previsões neste caso permitem contar com resultados positivos quando os dois primeiros graus de complicação são revelados.

  • Compartilhar